Pico do Papagaio – Trilha

Esse pico possui 982m de altura e é o segundo ponto mais alto da Ilha Grande. Lá do topo, temos uma visão quase que completa da ilha, além de parte do continente (é possível ver até a Pedra da Gávea, no RJ, dependendo das condições climáticas).

Na segunda vez que fui à ilha, durante um passeio de barco, conhecemos uma mulher que faria a trilha naquele dia, saindo a noite. Até cogitamos ir, mas como eu e meus amigos estávamos cansados, acabamos deixando para outro dia. Pois bem, no outro dia ficamos na praia bebendo e também desanimamos kk, mas no último dia, com aquela sensação de “poxa, vamos embora sem subir o Pico do Papagaio?”, nos organizamos para subir. Nós estávamos em 3 e um dos meus amigos resolveu não ir pois não estava se sentindo em condições. E confesso que foi melhor assim, vocês vão entender o porquê kkk

Como iria só eu e uma amiga, fiquei com medo de ir por conta, então pegamos o contato do guia, o George. Vou deixar o Instagram dele aqui, caso alguém se interesse: https://www.instagram.com/georgeofthejungleadventure/

Pra ser sincero, achei o valor um pouco alto (algo na casa dos R$ 120,00), já que existem passeios de barco (onde há custo de combustível, embarcação, etc) nessa faixa de preço. Mas, prezando pela segurança, optamos por pagar.

Pois bem, 1h da manhã, não conseguimos dormir e fomos virados, só demos uma reforçada na alimentação e bora trilhar. Chegamos no ponto de encontro (aquele letreiro “Eu ♥ Ilha Grande”), o guia deu as primeiras orientações, distribuiu as lanternas de cabeça (muito importante, não sei como teria sido sem elas) e os bastões de apoio (que na real eram pedaços de bambu kkk, mas atendeu a necessidade).

Pois bem, o início da trilha é pela estrada que leva a Dois Rios. Em determinado momento (pelo que vi no Strava, cerca de 1,5km de trilha), você quebra pra direita e aí o bicho começa a pegar!

Placa do Início da Trilha para o Pico do Papagaio (a foto tá clara por que tirei no dia que estava fazendo a trilha para Dois Rios)

Observação: Eu sempre fico confuso com essas placas que informam a distância, não confio muito. Sempre opto por, mesmo com guia, usar o aplicativo MAPS.me para me dar informações sobre o trajeto.

A trilha não tem muito segredo, embora hajam algumas histórias de pessoas que se perderam, não achei difícil o trajeto, não há muitas bifurcações. O que mais pega é o grau de dificuldade técnico mesmo (traduzindo: tem que ter perna kkk), o trajeto é bastante inclinado então o joelho sofre um pouquinho.

Além do esforço físico, há o risco de animais, afinal estamos dentro da mata. No dia que subimos, encontramos uma aranha armadeira e uma tarântula (o guia vai na frente verificando se o caminho está “limpo”. Eu jamais veria esses bichos kkk):

Quase no topo, há um pequeno trecho que é necessário o auxílio de corda, mas é bem tranquilo e a corda fica presa lá (não precisa de levar)

Após 2h44min de trilha (fomos em ritmo bom, com poucas pausas. O tempo médio varia entre 3h e 3h30min), chegamos ao topo e, mesmo a noite, a vista é sensacional. Ver as luzes da Vila do Abraão, das embarcações e do continente é surreal! Só indo mesmo para saber!

Seguem algumas fotos que tirei:

Já na descida, há um acesso onde podemos tirar uma foto com o pico ao fundo. Outro lado bom de ir com guia é isso… ele dá altas dicas de fotos, locais, ângulos e etc

Há outras opções de guias mas pra ser sincero não conheço (estou escrevendo com base na minha experiência). Se alguém quiser deixar o contato de outros guias aí nos comentários, fiquem a vontade.

Vou deixar aqui o registro da minha atividade no Strava, para que vocês possam ter noção do trajeto, tempo, esforço, etc:

Subida:

Descida:

Vou deixar aqui embaixo as informações do Google sobre o Pico do Papagaio, como rotas, avaliações e comentários:

Se inscrever
Notificar de
guest
4 Comentários
Mais antigos
Mais novos Mais votados
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
4
0
Sua opinião é importante para nós! ❤x
()
x