Quanto custa ir para a Ilha Grande?

Vejo que essa é uma dúvida recorrente da galera que ainda não teve a oportunidade de conhecer a Ilha Grande: Quanto custa?

Já adianto que há opções para todos os gostos, mas vou deixar algumas informações aqui com base no que eu, particularmente, passei.

Sem mais delongas:

Transporte do continente para Ilha Grande:

Flex boat saindo de Angra dos Reis para a Vila do Abraão: R$ 70,00 (ida).

Há a opção de comprar a ida e a volta juntos, que sai por R$ 120,00 (R$ 60,00 cada). Eu não quis comprar para não ficar preso a horário e nem ter que me preocupar em trocar passagem lá (ou seja: preguiça kk)

Na ida, comprei a passagem na Agência Angra dos Reis Turismo (que fica em frente ao Cais Santa Luzia). Dei uma pesquisada no Google e vi que há a opção de comprar a passagem online (e no link também dá para ver mais informações, como o valor atual, informações sobre a embarcação e etc: Translado Angra x Ilha Grande – Angra dos Reis Turismo

O tempo de travessia é de cerca de 40 min.

Há também uma opção bem mais barata (e proporcionalmente mais demorada) que é fazer a travessia na barca da CCR. Eu nunca fiz então não posso dar detalhes, mas sei que é barato (no site ilhagrande.org informa que a passagem é R$ 17,30, porém não sei se esse dado está atualizado). O tempo médio de travessia informado no site da CCR é de 80 min, mas sempre que ouvia alguém la na ilha falando sobre a barca, falavam que era papo de 2H. Um dia eu vou de barca e volto aqui pra informar kk.

Observação: Eu voltei pela Objetiva, que acho que é a maior empresa de turismo lá da Ilha Grande, paguei R$ 60,00 na passagem de volta, comprando lá em frente ao cais do Abraão mesmo:

Cais do Abraão, com a Objetiva ao fundo

Estacionamento:

Ali nos arredores do Cais Santa Luzia há alguns estacionamentos que cobram, em média, R$ 30,00 a diária.

Quando você chega próximo ao cais, já vão te parar na rua oferecendo estacionamento. Da primeira vez, eu até ia parar em um estacionamento mais afastado que o cara tinha me oferecido (o carro ficaria lá e ele me traria de volta para o Cais), mas fiquei com um pé atrás e vi que tinha um estacionamento colado ali no cais pelo mesmo valor. Então achei melhor deixar ali, mas já vi relatos de muita gente que fez esse esquema aí de levar no estacionamento mais longe e não teve problemas.

Da segunda vez, deixamos o carro na rua mas por ser algo arriscado, não vou relatar, pois não recomendo! (não aconteceu nada, mas é sorte né)

Da terceira vez, deixei o carro no Estacionamento Dois Irmãos, que é parceiro da agência onde comprei a passagem, então foi recomendação deles. Gostei bastante do atendimento, pois buscaram meu carro lá no Cais e quando cheguei de volta ao continente (domingo a tarde), o cara do estacionamento me buscou (em outro carro, da empresa) e me levou ao estacionamento para buscar o meu. Gostei tanto que até tirei uma foto do banner para quem tiver interesse:

Estadia:

Bom, em relação à opções de lugares, a Ilha Grande é um lugar muito democrático. Estive lá 3x e em todas elas foram tipos de acomodações diferentes:

Camping: A primeira vez que estive lá (Outubro de 2020), fiquei no Camping do Bicão:

Paguei R$ 60,00 na diária. Eu levei a barraca, mas lá tem a opção de usar a barraca do camping mesmo (não sei se altera o valor). Sinceramente, achei um pouco caro, andando pela Vila do Abraão, vi que tem opções mais baratas. Mas foi um lugar bem bacana de se ficar, passa um riachinho ao fundo do camping, galera tranquila, banheiro grande e chuveiro quente. Ah, e tem uma padaria na frente, então ajuda na logística do café, rs.

Levantando acampamento para partir

Aluguel de casa: Da segunda vez (Janeiro de 2021), fui com mais 2 amigos e pegamos uma casa pelo AirBNB

A casa, para 2 pessoas por 4 dias, ficou em R$ 654,00 (o 3º hóspede resolveu ir em cima da hora e acabamos pagando por fora). Mas usando esse valor como base, deu uns R$ 80,00 a diária para cada um. E foi um lugar bem de boa, uma casinha simples mas aconchegante, com ar condicionado, geladeira, fogão e chuveiro quente. Vou deixar o link aqui para essa casa em específico, mas pelo AirBNB você pode (e deve) buscar algo dentro do que busca, tanto de conforto quanto de orçamento. Aproveita e dá uma olhada nesse meu outro post: Acomodações na Vila do Abraão – Ilha Grande

Chegando na casa alugada, bora desocupar a mochila!

Hostel: Da terceira vez (Fevereiro de 2021), fui sozinho e fiquei no Social Hostel.

Paguei R$ 60,00 na diária, em quarto compartilhado, com café da manhã incluso. Gostei muito do local, da interação entre as pessoas (já que havia ido sozinho), da recepção da galera de lá. Enfim, foi uma experiência muito top.

Você pode acessar o link do Social Hostel no Booking clicando aqui. Ah, e não é publicidade paga kkk, estou só recomendando o que curti mesmo.

sente a vibe!

Alimentação:

Bom, tirando essa última vez que fiquei em Hostel, das outras vezes eu tomava café na padaria. As coisas lá não são tão baratas (não lembro valores exatos, mas um café com leite e um pão com queijo ficava na casa dos R$ 10,00). Tem uma padaria numa rua transversal à rua da praia (saindo do Cais à esquerda e virando a primeira à direita) que é maior, tem uma estrutura boa mas que costuma ficar mais cheia, então em tempos de pandemia, eu preferi evitar.

Para almoçar, eu ia todo dia no mesmo lugar, que é um restaurante anexo ao Mercado Beer, chamado Buteko Beer, vou deixar a localização:

O prato feito era R$ 18,00, vinha comida pra caraca (arroz, feijão, batata ou salpicão, farofa e frango). Há mais variedades, mas eu comia isso quase todo dia. E é muito gostosa a comida!

Bom galera, acho que é isso. Tem mais algum ponto que vocês queiram saber? Deixa aí nos comentários.

Aaaah, e um ponto: Nada do que escrevo é publicidade paga. Até pq não apareceu ninguém querendo patrocinar. Alô empresas, fica a dica! kkkk

Se inscrever
Notificar de
guest
2 Comentários
Mais antigos
Mais novos Mais votados
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
2
0
Sua opinião é importante para nós! ❤x
()
x